=

Prepare-se para entrar em uma zona...: Junho 2009

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Que falta faz uma mulher...

Tem certas coisas que, nós homens, não conseguimos fazer sem uma mulher. Até é possível chegar perto, mas no final o resultado não é tão satisfatório e você sempre acaba com a sensação de que "falta alguma coisa".

Claro que falta. Falta uma mulher!

E a esta altura já deve estar claro para todos, que estou me referindo à uma necessidade básica, que é comprar shampoo.

Depois que me separei, fui obrigado a voltar à casa dos meus pais. Não que isso seja ruim, porque se não fossem por eles eu estaria sei lá onde agora. Mas eu já saí de casa e voltar para lá não me parece uma coisa natural. Sinto como se fosse um estorvo na casa deles.

Só que não posso reclamar, já que não preciso me preocupar com muitas coisas básicas, como comida ou roupa lavada. E faço o que posso para colaborar com alguma coisa. E lá fui eu comprar um shampoo para mim.

Nesse dia eu estava chegando por volta das 22h em casa e só tinha uma drogaria aberta. Como era só o shampoo que eu precisava fui lá. Drogaria 24h, uma maravilha.

Comecei a procurar a prateleira de shampoos e na terceira volta resolvi aceitar a ajuda do sexto dos atendentes que vieram ao meu encontro durante esse percurso.
-Olá, posso lhe ajudar?
-Pensando bem,sim. Estou procurando os shampoos.
-Senhor, o setor de shampoos fica do outro lado.
-Ah, obrigado!

Setor de shampoos?!? Não basta uma prateleira?

Não. Não basta. Eu me deparei com umas 5 prateleiras que tomavam uma parede toda da drogaria. Aí uma coisa me veio à mente: "Putz!"

Como o marketeiro que sou, comecei a usar minhas habilidades profissionais para encontrar o que procurava naquele mundo de opções. Ia começar a segmentar por cor de embalagem, mas achei melhor usar o preço como fator de diferenciação.

"Caro... Caro... Credo que caro! Opa, esse tá bom. Muito barato..."

Aí achei que tinha resolvido o problema. Pelo preço escolhi uma embalagem qualquer e peguei. Estava escrito: "Para cabelos secos nas pontas e oleosos na raiz"

Quê? Como eu vou saber se meu cabelo é assim? Meu cabelo é preto. E curto.

Devolvi esse e escolhi outro. Dessa vez era "para cabelos tingidos na cor vermelho atômico nº26 e com pontas duplas".

Tentei novamente buscando um que dissesse "para lavar o cabelo". Mas que nada, tudo em vão. Cada rótulo era pior que o anterior.

Parece que as indústrias de shampoo esqueceram que os homens também lavam o cabelo e agora só fazem shampoos para as mulheres.

Depois de uns 25 minutos nessa luta, cansei. Já ia pegar uma barra de sabão de coco quando vi de relance um rótulo que dizia somente "para cabelos secos". Vitória! Sobrevevi a mais uma dura provação da vida de separado!

Era o que tinha o menor índice de especialização e foi esse que comprei. Tudo bem que eu uso com os cabelos molhados mesmo, mas parece que o efeito é o mesmo.